Página não oficial do Concelho de Castanheira de Pera
Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2009
DISCURSO DO PRESIDENTE DA CAMARA NO ACTO DA TOMADA DE POSSE

TOMADA DE POSSE

31 OUTUBRO DE 2009

Inicio esta minha breve intervenção saudando a calorosa presença de todos, agradecendo-a, neste acto de tamanha importância para a nossa terra e que, simultaneamente, representa o culminar solene do mais nobre acto da nossa democracia.

Saúdo, cumprimento e felicito todos os autarcas eleitos que hoje tomaram posse e iniciam o seu mandato. Aproveito para desejar a todos o maior sucesso no desempenho das suas funções autárquicas e reitero a minha disponibilidade e de toda a equipa que lidero para trabalhar com todos em subordinação aos valores da honestidade, do serviço à comunidade e da transparência.

Saúdo, de igual forma, todos os autarcas que cessam funções nesta data, nas Freguesias, na Assembleia Municipal e na Câmara Municipal. Aproveito para manifestar o meu apreço e agradecer todo o contributo e empenho sempre manifestados em prol do desenvolvimento do nosso concelho. A todos desejo as maiores felicidades.

Saúdo todas as instituições concelhias com quem contamos para, numa estreita relação de parceria, como, aliás, tem acontecido, continuarmos a desenvolver uma acção que aposte, de forma constante e determinada, no bem-estar da comunidade e no desenvolvimento local.

Aos colaboradores do município quero também deixar uma palavra que é de saudação e agradecimento público pelo trabalho realizado. Aproveito ainda para reiterar a necessidade de, com empenho, dar continuidade a um trabalho de equipa em que todos os dias possamos ser capazes de fazer sempre mais e melhor.

Saúdo, ainda, vivamente, os jovens da nossa terra a quem deixo o desafio da participação na vida comunitária. Sem esquecer o passado, o concelho do futuro tem que receber, no presente, a vossa irreverência, a vossa atenção, a vossa energia e o vosso contributo. Deixo-vos uma palavra de estímulo e incentivo.

Não posso deixar de manifestar o meu reconhecimento a todo o povo de Castanheira de Pera pela forma como decorreram as últimas eleições autárquicas do passado dia 11 de Outubro, pelo civismo e participação ordeira no acto e lhes agradecer pela forma como manifestaram a sua concordância para com o projecto que estamos a desenvolver no nosso concelho.

A todos o meu reconhecido muito obrigado pela confiança e amizade efusiva que transmitiram a toda a equipa que compõe a Câmara Municipal.

Deixo-vos a certeza que será com o mesmo entusiasmo, empenho e entrega que vamos continuar a trabalhar em prol de um futuro melhor e de uma sociedade mais justa para todos, elevando os valores e princípios de cidadania, a auto estima e o orgulho individual de cada um, enquanto cidadãos de Castanheira de Pera.

 

Minhas senhoras e meus senhores,

Nos últimos tempos, o debate político tem sido vivo e intenso, dentro de um quadro plural e próprio de uma democracia que se pretende madura.

As escolhas estão feitas.

Julgamos pois, estarem reunidas as condições para recentrar as nossas preocupações numa agenda que valorize os objectivos que propusemos para o nosso concelho e para a melhoria das condições de vida da nossa gente.

É pois, chegado o tempo de encontrarmos um fim para as divisões e as querelas político-partidárias. É urgente que percebamos isso.

De todos os eleitos só podemos esperar que assumam um papel determinante na busca dos melhores caminhos para o desenvolvimento do concelho. Muito para além do interesse  e origem partidária de cada um, sobrepõe-se o interesse colectivo do concelho.

Consciencializemo-nos de que só com esta postura estaremos à altura daqueles que em nós confiaram e só assim nos poderemos assumir como dignos representantes do Poder Local Democrático. Só assim poderemos prosseguir no caminho de afirmação das suas virtualidades…

Partiremos, sempre, do princípio que, em democracia, desde que encarada de uma forma séria e responsável, a oposição é tão importante como quem detém o exercício do poder.

Que a única postura aceitável se pautará por uma atitude construtiva, séria e positiva.

Que a exigência e o rigor começa em cada um de nós.

Que a diferença de opção partidária ou de opinião é uma oportunidade de confronto de ideias na busca de melhores soluções.

É isso que os castanheirenses reclamam de todos nós para podermos rasgar melhores caminhos para o futuro.

Trabalhar com as pessoas e para as pessoas tem sido e será sempre o lema que nos norteará na acção.

O reforço da coesão interna é, pois, fundamental para a nossa afirmação enquanto concelho.

 

Minhas senhoras e meus senhores,

Não podemos deixar de fazer uma breve referência ao acto eleitoral do passado dia 11 de Outubro naquilo que ele teve de mais relevante.

Por mais que alguns tentem colocar esta vitória eleitoral no canto inferior esquerdo ou no verso da terceira página da actualidade concelhia, ela assume contornos da mais elevada importância para o concelho, enquanto referência primeira do processo de construção de um concelho melhor. A sua importância é tanto maior, porquanto foi alcançada sem recurso a artes menos lícitas, menos leais ou intriguistas. Ao invés, pautou-se sempre pela elevação dos mais nobres princípios e valores soberanos da democracia, da cidadania e da liberdade de expressão, ao seu expoente máximo.

Determinamo-nos por valores e princípios onde a justiça, a lealdade, a seriedade, a verdade e solidariedade se sobrepõe a qualquer outro interesse e é, também, em nome desses nobres princípios e valores democráticos que não podemos deixar de partir para o próximo mandato com a mesma responsabilidade de sempre, a mesma disponibilidade para trabalhar e responder aos desafios do desenvolvimento e progresso da nossa terra com uma redobrada vontade de enfrentar as dificuldades.

Estamos bem conscientes de que não nos esperam dias fáceis, mas os que passaram não o foram menos!...

Não nos iremos acomodar.

Este segundo mandato vai, por certo dar-nos uma responsabilidade acrescida. Temos consciência disso!...

Porém, estamos também seguros que seremos capazes de, sem ruído e sem muito alarido, continuar um trabalho de valorização, iniciativa e qualificação do nosso concelho.

Em jeito de reflexão termino com uma citação de Madre Teresa de Calcutá que, pela sua simplicidade, encerra uma lição que nos deve nortear a acção:

        Atrás de cada linha de chegada há uma partida. Atrás de cada triunfo há um desafio.

Quatro anos volvidos, reafirmo, publicamente, que Castanheira de Pera continua a ser um permanente e fascinante desafio!..

Disse.

(Fernando Lopes)

 



publicado por Filipe Lopo às 22:06
link do post | favorito
 O que é? |

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Novo endereço - http://ca...

AS SUAS NOTICIAS - O NOSS...

25 de ABRIL de 1974 - 36º...

OS PERIGOS DA INTERNET

VIOLÊNCIA EM DEBATE

CASTANHEIRA DE PERA RECEB...

CARTA DE UMA MÃE PARA OUT...

CORO DE SANTO AMARO DE OE...

TOMADA DE POSSE DOS ELEIT...

DISCURSO DO PRESIDENTE DA...

TOMADA DE POSSE DOS ELEME...

HOJE ESTOU DANADO

ACTO ELEITORAL NA FREGUES...

FUTEBOL DE RUA – ÉPOCA 20...

APANHA DE SEMENTES – PROJ...

GNR de Pombal apreendeu m...

CANYONING - Ribeira de Qu...

“DEUS ABENÇÕE OS PAIS MAU...

RESULTADOS DAS ELEIÇÕES A...

DISTRIBUIÇÃO DE MANDATOS ...

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 200...

EXPOSIÇÂO NA CASA DO TEMP...

Há Festa em Castanheira d...

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS EM C...

PARTIDO SOCIAL DEMOCRATA ...

PARTIDO SOCIALISTA - CAND...

"PAISAGENS" EXPOSIÇÃO FOT...

EXPOSIÇÃO DE MOTORIZADAS ...

Iº Torneio de Vólei Praia...

DUAS LUAS A 27 DE AGOSTO ...

DIA MUNDIAL DA FOTOGRAFIA

DIA INTERNACIONAL DA JUVE...

Dia 15 de Agosto a RTP ch...

PSD candidata presidente ...

CASTANHEIRA DE PERA - PS ...

04 de Julho de 2009 - Dis...

04 de Julho de 2009 - Dis...

Festa do Livro volta à Pr...

COMEÇOU A CAMPANHA ELEITO...

JS não integra lista do P...

ULTIMA HORA - MINISTÉRIO ...

PEDIDO DE DESCULPA

CANDIDATO À AUTARQUIA CAS...

95º ANIVERSÁRIO DE CASTAN...

APRESENTAÇÃO DE 70 NOVAS ...

PASSEIO PEDESTRE, ESCONHA...

Stº ANTÓNIO DA NEVE - C...

Memórias do Antigamente l...

XII FESTIVAL DE FOLCLORE ...

TRIANGULACOES de JOSÉ POR...

arquivos

Janeiro 2011

Abril 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Março 2006

tags

todas as tags

links
Paralaxe

VISITAS

Estadisticas web
blogs SAPO
Pesquisa
 Busca e Pesquisa Evangélica