Página não oficial do Concelho de Castanheira de Pera
Segunda-feira, 30 de Abril de 2007
DESCULPEM LÁ A FRANQUEZA

DESCULPEM LÁ A FRANQUEZA

 

Passou mais um 25 de Abril.

33 anos depois de uma esperança renovada, depois do Povo sair à Rua gritando “Liberdade”… hoje pergunto:

- Que Liberdade?

- A da libertinagem e da má educação?

- A de perda de direitos dos trabalhadores a cada ano que passa?

- A do desleixo e do ‘deixa andar, porque isto não é nada meu’?

- A Liberdade que já muitos dos Portugueses não porque nasceram nela? Considerando-a já um dado adquirido?

Desculpem lá a franqueza, amigos.

Quando das Comemorações do 33º do 25 de Abril, em Castanheira de Pera; notámos a ausência de muitos dos que se dizem “defensores da Liberdade”, “Mentores da Democracia”… por outro lado, não pudemos deixar de ‘olhar’ o outro lado da situação e avistámos gente que se tenta chegar a todo o custo ao ‘Poder institucionalizado’, seja por estar metido em ‘alhadas’, seja porque ‘agora até lhes dá geito’ …

Não, não estamos a falar da Oposição, que essa, séria e convincente, está onde o POVO também poderá dela precisar.

E estava presente.

Falamos dos oportunistas, daqueles que sem saberem o que querem aparecem em todo o lado, especialmente para comer uma boa sardinha e beber um bom copo de vinho, seja ele tinto ou branco… porque o 25 de Abril já lá vai há 33 anos!

- “E nada já nos fará voltar atrás”.

A ver vamos.

Desculpem lá a Franqueza, mas…

Em Castanheira, pergunta-se o que é feito das Associações Recreativas e Culturais para animar a tarde do dia 25 de Abril, após as cerimónias mais solenes da manhã, como o Hastear da Bandeira Nacional e a Sessão Solene no Salão Nobre dos Paços do Concelho, enquanto durante a tarde se espera (ou alguns literalmente desesperam) por uma boa sardinha e um bom copo de vinho.

Desculpem a franqueza, mas… há que repensar a forma como comemoramos o dia da Liberdade, ou arriscamo-nos, como dizia um pequeno grupo onde estávamos inseridos; a que daqui a bem poucos anos, “sejamos só nós, os mais velhos, já de bengala na mão, a arrastarmo-nos, e porque pertencemos à geração do ‘antes do 25 de Abril, a assistir ás comemorações de um dia que deveria ser importante para todos os Portugueses”.

E tudo isto porque nós crescemos com o sabor e saber da opressão, de não se puder falar em politica ou religião, que não a do Estado.

E tudo isto porque nós crescemos com o sabor e saber de ver ser presos os nossos ente queridos, porque ‘lutavam’ pelo dia em que todos gritaram:

-“Viva a Liberdade”

Desculpem lá a franqueza, meus amigos…

 

 Filipe Lopo

flipelopo@sapo.pt



publicado por Filipe Lopo às 15:34
link do post | favorito
 O que é? |

Sexta-feira, 27 de Abril de 2007
Voluntariado Jovem para as Florestas

Programa Voluntariado Jovem para as Florestas

 

Já se encontram abertas as inscrições para o Programa Voluntariado Jovem Para as Florestas.

As inscrições para o concelho de Castanheira de Pera, podem ser efectuadas na Câmara Municipal de Castanheira de Pera, com o funcionário responsável pelas mesmas, de 01 de Maio a 30 de Agosto, inclusivé.

Os Jovens dos 18 aos 30 anos, que desejarem e gostarem de manter a nossa Floresta Verde, teem agora a oportunidade de aliar um pouco o seu gosto à vigilância e protecção da Floresta que nos rodeia.

O Programa terá inicio a 01 de Junho e terminará a 30 de Setembro.

Os Jovens podem obter mais informações em http://juventude.gov.pt/Portal/Voluntariado/VolFlorestas/Jovens/

ou na própria Câmara Municipal.

 

Filipe Lopo

filipelopo@sapo.pt

 



publicado por Filipe Lopo às 16:26
link do post | favorito
 O que é? |

AVISOS

Chegaram até nós dois Avisos da Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios de Castanheira de Pera.

Devido á importância que os mesmos nos merecem,  publicamos na integra os dois textos.

Filipe Lopo

flipelopo@sapo.pt



publicado por Filipe Lopo às 12:59
link do post | favorito
 O que é? |

VIGILANTES DA FLORESTA


COMISSÃO MUNICIPAL DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCÊNDIOS

 

EDITAL

 

VIGILANTES DA FLORESTA

 

A Comissão Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios de Castanheira de Pera, torna público que se encontram abertas inscrições, até ao próximo dia 08 de Maio de 2007, para preenchimento de 6 (seis) lugares de Vigilantes da Floresta, a começar em 15 de Maio e até 30 de Setembro de 2007, em turnos rotativos de oito horas, incluindo sábados, domingos e feriados.

Condições Prioritárias para candidatura:

 

1-   Estar desempregado;

2-   Formação de Sapador Florestal;

3-   Experiência em anos anteriores de sapadores e/ou de  vigilância;

4-   Ser maior de 18 anos;

5-   Possuir carta de condução.

 

Os interessados deverão dirigir-se à Secretaria da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Castanheira de Pera, que aceitará as inscrições.

Para geral conhecimento se publica o presente e outros de igual teor que vão ser afixados nos lugares habituais.

 

Castanheira de Pera, 27 de Maio de 2007.

 

A Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios de Castanheira de Pera,

 



publicado por Filipe Lopo às 12:57
link do post | favorito
 O que é? |

VIGIAS FLORESTAIS MOTORIZADOS

 EDITAL

 

VIGIAS FLORESTAIS MOTORIZADOS

 

A Comissão Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios de Castanheira de Pera, torna público que se encontram abertas inscrições, até ao próximo dia 08 de Maio de 2007, para preenchimento de 6 (seis) lugares de Vigias Florestais Motorizados, a começar em 15 de Maio até 30 de Setembro de 2007, em turnos rotativos de oito horas incluindo sábados, domingos e feriados.

Condições Prioritárias para Candidatura:

 

1-   Estar desempregado;

2-   Formação de Sapador Florestal;

3-   Alguma experiência em anos anteriores de sapadores e/ou de vigilância;

4-   Ser maior de 18 anos;

5-   Possuir licença de ciclomotores.

 

Os interessados deverão dirigir-se à Secretaria da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Castanheira de Pera, que aceitará as inscrições.

Para geral conhecimento se publica o presente e outros de igual teor que vão ser afixados nos lugares habituais.

 

Castanheira de Pera, 27 de Abril de 2007.

 

A Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios de Castanheira de Pera,

 


COMISSÃO MUNICIPAL DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCÊNDIOS


publicado por Filipe Lopo às 12:55
link do post | favorito
 O que é? |

Quinta-feira, 26 de Abril de 2007
MAIO D'INVENTOS

Já aí está o Programa para o "MAIO D'INVENTOS", e nós apresentamo-lo em primeira mão.

Maio D’inventos

O Maio d’INventos é uma espécie de roteiro de oportunidades e do espaço próprio para os seus reencontros.

 

-         Oportunidades para oferecer e de Encontros para marcar;

-         Oportunidades ainda à nossa espera e de Encontros por acontecer;

-         Oportunidades sempre à espreita e de Encontros à esquina;

-         Oportunidades por achar e Encontros por descobrir;

-         Oportunidades eventuais e Encontros… ainda para inventar.

 

Numa dinâmica de impulso local, mas de abrangente intensidade; que nos dias de hoje e nos tempos que correm, fazem todo o sentido. O sentido do desenvolvimento integrador, globalizante, harmonioso, sustentado, enriquecedor, ...

 

Deste modo e a vários níveis, pretende-se aproveitar as mais-valias e jogar todas as cartadas possíveis, na certeza das apostas mais apropriadas e seguras, face às exigências do próprio jogo. E é, ir a jogo e com todos os diversos trunfos locais e regionais. E se conseguirmos fazê-lo em equipa, afiançadamente que o resultado só pode ser um – o de mais uma aposta ganha. Ganha e bem ganha, perspectivando o melhor que o futuro nos pode reservar.

 

     E é conquistar-se a partir de Maio, todo um novo espaço e todo um tempo carregado de mais e melhores valores; pela qualidade, na diferenciação e na conjugação de tudo o que podemos oferecer. Num conjunto de razões, por um lado, que nos dão identidade, mas que por outro lado e estrategicamente, nos motivarão e nos trarão dimensão suficiente. E é neste aparente antagonismo, que nos podemos reconciliar com o território e nos devemos reencontrar com a Vida. A nossa vida e a vida de todos os outros, que nos honrem com o seu saber, a sua visita, o seu investimento, o seu empenho, o seu...

 

O espaço a partir do qual a maioria dos eventos ocorrerão será a novíssima Praça da Notabilidade em Castanheira de Pêra; que poderá perfeitamente funcionar como a Plataforma Giratória da Região (Território das Aldeias do Xisto) e que encaixará perfeitamente e a um primeiro nível com a Praia das Rocas, como equipamento de incontornável referência territorial e de maior foco de atracção turística da região. Assim e dada a sua superior capacidade para catalisar e catapultar em seu redor e para além do Verão, todas as valências locais e territoriais, importa saber enquadrar e potenciar devidamente todas as novas oportunidades entretanto geradas.

 

A um segundo nível e criando a ideia desde este 1º MAIO D’INVENTOS, que o seu sentido será numa abertura a todo o território das Aldeias do Xisto, para uma participação harmoniosa, abrangente e integradora de todo um calendário de eventos nos mais diversos locais e ao longo de todo o ano. E assim e num momento crucial, afirmarmo-nos aos mais diversos níveis e para os mais diferentes públicos; como um espaço e um elemento onde poderão encontrar os mais díspares motivos para voltar e ficar. E porque não, investir!

 

Pois, só falta mesmo querer unir e juntar mais as pontas deste nosso querido país. Unir mais o Norte e o Sul, como ponto de encontro da extraordinária riqueza cultural que nos podemos orgulhar de ter e da enorme diversidade dos produtos que produzimos e criamos. E juntar mais o Litoral com o Interior; no sentido claro de esbatermos assimetrias e de demonstrarmos outras “equações”, que não as do desequilíbrio e da desertificação. Pois... e porque não!? Geograficamente é um dos pontos mais certos e o enquadramento, possivelmente mais acertado.

 

E a seguir e para começar já este ano, pretende-se passar fronteiras, dando uma visibilidade merecida dos nossos trunfos, para que também possa existir uma vertente verdadeiramente turística do território, onde se pode encontrar uma qualidade de vida a vários níveis... de referência e como factor de substancial importância estratégica; nomeadamente face às novas realidades sociais e às actuais exigências de cada um. 

  

 

1ª SEMANA

 

Dia 1 de Maio (3ª feira) – Dia do Trabalhador

          10.00 h - Abertura da Exposição Colectiva de Pintura - Praça da Notabilidade

Dia 2 (4ª feira).

14.00 h – Início dos Torneios de Ténis de Verão (Ténis para Todos) – Praça da Notabilidade

18.00 h – Abertura da Exposição: “Fantoches Reciclados” na Casa do Tempo– Biblioteca Municipal

21.00 h - Tertúlia com especialistas: “ Os cogumelos no campo e na mesa” -  Edifício do Sport - FICAPE e Micoplanta

Dia 4 (6ª feira)

21.00 h – Palestra sobre: “Valorização dos Produtos Agro-Alimentares” e apresentação do modelo das “Lojas do Xisto”, com sessão de provas – Pinus Verde

 

Dia 5 e 6 (sábado e domingo)

MOSTRA DE PRODUTOS TRADICIONAIS

                    (Território das Aldeias do Xisto – Lousitânea e Pinus Verde)

          

Dia 5 (sábado)

Rallye Paper – Na Senda do Património (Prazilândia) 

          (15.00 h – Praia das Rocas; 21.00 h – Coentral Grande – Prova Final)  

REENCONTRO DOS NATURAIS: “Os Bons Filhos à Terra Tornam” – Casa do Concelho, Castanheirense

10.00 h – Recepção de Boas Vindas

11.00 h – Testemunhos do lado de cá e de lá – Exemplos Que Fizeram História e Toda a História que se Segue

13.00 h – (Almoço livre) AMOSTRA DO NOVEMBRO GASTRONÓMICO

16.00 h - ARRAIAL À MODA ANTIGA Coentral Grande - Rancho dos Neveiros do Coentral e CIRUC

20.00 h – NOCTURNA DE BTT: Catraia, Coentral, S.to António da Neve, Lousã – Montanha Clube

23.00 h – “NOITE DE ESTRELAS” – O Universo, de Telescópio, a partir do S.to António da Neve - Lousitânea

 

Dia 6 (domingo)

9.30 h – Pelos Percursos dos Castanheiros e da Ribeira das Quelhas-          Lousitânea

2ª SEMANA

 

Dia 9 (4ª feira)

21.00 h - Apresentação do Blog – ESPAÇO: INTERIOR (José Porvinho)

 

JORNADAS: “REGRESSO ÀS ORIGENS”  (Em Defesa do Interior – Dias 11 e 12)

 

Dia 11 (6ª feira)          

10.00 h – Abertura das Jornadas

21.00 h – Debate com a presença de Deputados da Nação –

                 “Entre a fuga e o regresso saudoso ao Interior”

                                                      

Dia 12 (sábado)

10.00 h – Jogos de Canoagem – Praia das Rocas

10.00 h – Continuação das Jornadas

15.00 h – Pera: Torneio de Malha - CRUP

 

Dia 12 e 13 (sábado e domingo)

ENCONTRO D’ARTES E DE ARTISTAS

            III ENCONTRO DE ARTISTAS PLÁSTICOS - Caperarte

 

Dia 13 (domingo manhã)

9.30 h – Ponte dos Esconhais: Acção de sensibilização e limpeza da Ribeira de Pera. Voluntaria-te - Lousitânea

16.00 h – Espectáculo com solistas do Ensino Superior de Música de Coimbra

 

3ª SEMANA

 

Dia 15 (3ª feira – Dia da Família)

21.00 h – Palestra: As Respostas Sociais – Direitos e Deveres das Famílias – Centro Paroquial

 

Dia 16 (4ª feira)

Tarde e noite - Sessão de esclarecimento: “Do Olival à Almotolia

DRABL

 

Dias  18 e 19

Curso Científico de Plantas Aromáticas e Medicinais da Serra da Lousã - Natursitta

 

Dias 19 e 20 (sábado e domingo)

Campo de Tiro: Torneio de Tiro aos Pratos – Clube Caçadores

 

CONVÍVIO DA FAMÍLIA HENRIQUES

            AMOSTRA DA SEMANA DO CABRITO

 

Dia 19 (sábado)

10.00 h - Safari Fotográfico pelo Percurso dos Sabugueiros – Centro Comunitário e Lousitânea

22.00 h – CORO DE PROFESSORES DE COIMBRA

 

Dia 20 (domingo)

9.00 h - FEIRA DE VELHARIAS E COLECCIONISMOCentro Comunitário

         10.00 h – Paintball Serrano – CRC Camelo

15.00 h – Percurso urbano: Primavera em Alta - Lousitânea

16.00 h – Exibição de Karaté ShukokaiNúcleo Castanheira Pêra

 

4ª SEMANA

 

Dia 21 (2ª feira)

21.00 h – Apresentação da Agenda de MAIO-A-MAIO: Trunfos Locais ou Mais-Valias Regionais?

 

Dias 22,23 e 24 –Pista do Coentral de BTT DOWN-HILL: Estágio de algumas das melhores equipas mundiais – Extreme, Montannha Clube

 

Dia 23 (4ª feira – Dia da Biodiversidade)

9.30 h – Escola EB 23: Ateliers de Educação Ambiental - Lousitânea

14.00 h – Debate: “Conservação da Natureza versus Produção      Florestal

18.00 h – Palestra com o Dr. Jorge Paiva: História da Floresta Portuguesa

21.00 h – Continuação do Debate

 

Dias 25, 26 e 27 (6ª feira, sábado e domingo)

JORNADAS: “OFERTA TURÍSTICA” ENQUADRAMENTO LOCAL E PERSPECTIVAS FUTURAS

 

Dia 25 (6ª feira)

22.00 h – Zona Histórica: Noite de Fados - AMICAPER

 

Dias 26 e 27 (sábado e domingo)

1º FESTIVAL DE ANIMADORES DE RUA, com Desfiles às 16.00 horas.

(Concertinas, Zés Pereiras, Saltimbancos, Fanfarras, Dança, Teatro, Malabarismos...)

 

Passagem pelo concelho com pernoita e actividades lúdicas de interacção da Expedição Sul / Norte a Cavalo – Coudelaria Manuel Ribeiro e Clube Cavalos & Aventura

 

 

Dia 26 (sábado)

9.00 h – Concurso de Pesca - Clubes de Pescadores de Castanheira de Pera e de Figueiró dos Vinhos

            15.00 hS.ra Guia e Praia do Poço Corga: NA PEUGADA DOS JOGOS TRADICIONAIS DA REGIÃO – União Recreativa Sapateirense

17.00 h – Praia das Rocas: Exibição de Montain Board, na vertente de Big Air –Saltos e manobras aéreas com alguns dos melhores especialistas nacionais

21.00 h – Praça da Notabilidade: Apresentação do filme, rodado em parte no Coentral: “Deus Não Quis” de António Ferreira

22.30 h – Espectáculo Musical: “SAXO ENSEMBLE” - Inatel

 

 

Dia 27 (domingo)

10.00 h – Percurso de Descoberta e Conhecimento: Habitat de Excelência dos Veados: Serra da Lousã - Lousitânea

21.00 h – Coentral: Apresentação do filme, rodado em parte no Coentral: “Deus Não Quis” de António Ferreira

 

  

 ÚLTIMA SEMANA

 

 

Dia 1 de Junho (6ª feira – Dia Mundial da Criança)

Abertura da Época Balnear

10.00 h – Jogos de Água – Praia das Rocas (com entrada gratuita)

                        - Brincadeiras na água - Praia do Poço Corga

         11.00 h – Sessão de hidroginástica – Praia das Rocas

        

         Dia 2 (sábado)

         FESTA DOS ANTIGOS ALUNOS DO EXTERNATO S. DOMINGOS

 

Dia 4 (2ª feira)

21.00 h – Tertúlia: “Balanço do 1º Maio D’INventos

 

 

 

DURANTE TODO O MÊS OCORRERÃO DIVERSAS EXPOSIÇÕES E MAIS UM SEM-FIM DE EVENTOS A NÃO PERDER

 

 Filipe Lopo

 

 

flipelopo@sapo.pt



publicado por Filipe Lopo às 11:40
link do post | favorito
 O que é? |

Segunda-feira, 23 de Abril de 2007
Comemorações do dia 25 de Abril

Comemorações do dia 25 de Abril

Já lá vão 33 anos desde que a ditadura de um Homem, rodeado de um grupo bem constituído e organizado, durante anos “amordaçou” um Povo nos seus direitos mais básicos, colocando em prisões políticas aqueles que não concordavam pessoalmente com as suas ideias políticas ou religiosas, obrigando-o ainda a uma guerra sem ideais, contra Homens, Mulheres e Crianças, cujo único crime era o de pertencer a um outro Território e a uma outra raça.

Foi neste sentido que surgiu o que Hoje denominamos o “25 de ABRIL”.

O Dia em que um “punhado de Homens, corajosos, restituiu a Liberdade a Portugal”.

Falamos da madrugada do dia 25 de Abril de 1974.

Infelizmente, nem todos sabem, ou teem interesse em saber, o que de facto se passou nos anos que antecederam o ano de 1974.

Hoje há mesmo movimentos que tentam negar a existência fascista, cruel e horrenda, que durante cerca de meio século existiu em Portugal.

Para que ABRIL seja lembrado, e os nossos Jovens, pelo menos neste dia; conheçam o seu significado, por todo o País festeja-se o dia “25 de Abril”.

Neste sentido, o Município de Castanheira de Pera colocou na rua um cartaz com o seguinte programa:

 

PROGRAMA


9.30 Horas - Hastear da Bandeira com a presença do Corpo de Bombeiros Voluntários de Castanheira de Pera, Guarda Nacional Republicana e outras entidades.

11.00 Horas - Exposições - “Abril em Livros” e “Bonecas do Mundo” - Casa do Tempo - promovida pela Biblioteca Municipal.

12.00 Horas -Sessão Solene Comemorativa do 25 de Abril no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

17.00 Horas - Sardinhada Popular no Mercado Municipal.

 

 Filipe Lopo

flipelopo@sapo.pt



publicado por Filipe Lopo às 11:06
link do post | favorito
 O que é? |

Sexta-feira, 20 de Abril de 2007
DESCULPEM LÁ A FRANQUEZA

DESCULPEM LÁ A FRANQUEZA


De facto, e porque são muitos os que me desfiam a falar sobre algumas situações, hoje mesmo decidi abrir um procedente e iniciar semanalmente uma Crónica de Opinião como titulo “Desculpem Lá A Franqueza!”.

Nos últimos dias teem-se passado algumas situações que teem dado que pensar e falar a nível desportivo.

Não! Não estou a falar do Desporto a nível Nacional, mas sim Regional!

Pronto.

Desculpem lá então a franqueza.

Todos nós, os que gostamos de desporto, e especialmente do Futebol que na nossa Região se pratica, sabe quanto são prejudicadas as Equipas dos Clubes filiados na Associação de Futebol de Leiria e que se encontram a Norte do Distrito de Leiria.

Podemos mesmo dizer que de Pombal para cima é, onde mais vezes, se passam casos de incrível actuação pela parte das equipas de arbitragem.

Falamos de Ansião, Avelar, Alvaiázere, Figueiró dos Vinhos, Pedrógão Grande e Castanheira De Pera.

Mas estas são situações que conhecemos a há muitos anos a esta parte, umas vezes porque não aprecem equipas de arbitragem outras porque quando aparecem estão no local apenas e simplesmente para prejudicar claramente uma das equipas em campo. Há de tudo.

Quem pode acreditar que, por exemplo, no ultimo jogo de Juvenis (B), entre o Recreio Pedroguense e a Pelariga, no dia 14 de Abril passado; o Fiscal de linha junto ás bancadas se tenha envolvido em palavras com a assistência e chamando de “Maluco” a quem o chamou à atenção de que as bolas só estão fora quando saiam da linha mais de 50%.

Depois, não satisfeito, e em clara situação de prejudicar a equipa de casa, anulou um golo marcado pelo nº 11 do Rec. Pedroguense, após a bola embater na trave da equipa adversária…

Já não falamos dos ‘fora de jogo’ assinalados sempre que os atletas do Recreio poderiam pontuar e isolar-se no marcador.

Já no final do Jogo, a situação tornou-se ainda mais caricata quando ao proceder à amostragem da placa do tempo de compensação, lhe foi dito que “não deveria mostrar cinco minutos, mas sim dez.”

O nosso amigo não se fez de rogado e, voltando-se para a assistência atrás de si, disse com todas as letras que “ … Se me pagarem até dou mais!”

Afinal onde vamos parar?

Desculpem lá a franqueza…

E depois falamos em casos como o do “Apito Dourado” …

Mas os fiscais de linha, pelo que apurámos, eram dois jovens sem qualquer experiência de campo e com um árbitro que na maioria dos casos não saía do meio campo… Como poderia então, ele mesmo, ajuizar de forma correcta os lances ocorridos fora do seu campo de visão?

Parece-nos que de facto o Norte do distrito é cada vez mais prejudicado em relação ao Futebol, com exemplos concretos.

E ninguém tem coragem para tomar uma atitude… ou ter nos campo (quando possível) um observador para as equipas de arbitragem.

Desculpem lá a franqueza, amigos

 

Filipe Lopo

filipelopo@sapo.pt



publicado por Filipe Lopo às 12:11
link do post | favorito
 O que é? |

Terça-feira, 10 de Abril de 2007
SOCORRO OU MULTAS?

Os nossos Soldados da Paz, mais conhecidos como “Bombeiros”; da nossa região, estão ficar desanimados devido ao que se passa quanto ás multas recebidas por passarem “em velocidade superior ao permitido” em alguns locais, nas estradas que teem que percorrer até Coimbra, no transporte urgente de pessoas.

Até nós, teem chegado alguns desabafos relacionados com este assunto, havendo mesmo quem afirme que irá deixar de conduzir as ambulâncias, visto que as ‘autoridades não conseguem, não sabem ou não podem, diferenciar as situações de urgência”.

A uma informação a que tivemos acesso, um dos Soldados da Paz, bastante irritado, confidenciava-nos que muitas vezes tinham que fazer o caminho de regresso ao Quartel de origem, correndo o risco de exceder a velocidade, porque eram necessários para outras situações de urgência e não havia outra qualquer ambulância no Quartel.

Facto esse que facilmente poderia ser comprovado junto ao seu Comandante.

Pelo que conseguimos apurar, as ‘multas’ recebidas para procederem a pagamento, são efectuadas através das câmaras de vídeo instaladas em diversos locais, não podendo, por isso mesmo, as autoridades competentes averiguar da veracidade da urgência, o que torna necessária uma burocracia enorme para se provar a inocência destes HOMENS.

Mas é também um facto verdadeiro, que há casos de abusos.

Esses sim, deveriam ser castigados de forma a servir de exemplo. Mas isso só seria possível se houvesse Agentes da Autoridade colocados nas estradas de forma a verificar ‘in loco’ estes prevaricadores.

Mas não é só entre Os Bombeiros! Há-os entre todos os tipos de condutores. Digam lá que não…

Mas é como tudo:

- A Lei foi feita para se cumprir. Quem não a cumpre, sofre as consequências…

Já diziam os nossos ‘avós’: - “A Lei é letra morta”.

Cabe, por isso mesmo, a quem de direito chegar a uma conclusão e, até, a um acordo, para que os que nos socorrem, muitas vezes em prejuízo das suas próprias vidas e famílias, não tenham que ‘pagar’ de igual modo como outros quaisquer, por andarem na estrada socorrendo quem deles necessita.

 

Filipe Lopo

filipelopo@sapo.pt



publicado por Filipe Lopo às 14:40
link do post | favorito
 O que é? |

"Microcrédito" em Esclarecimento

No próximo dia 13 de Abril, pelas 14H30,  a Pinhais do Zêzere, Associação Parao desenvolvimento; leva a efeito uma sessão de esclarecimento sobre o "Microcrédito" no Auditório do Centro Paroquial de Castanheira de Pera.

o Mocrocrédito é um sistema que "financia a criação de pequenos negócios, integrado numa metodologia de suporte ao empreendedor, ou seja, todo o apoio em termos de informação, formação, plano de negócios, montagem da operação de financiamento e acompanhamento de gestão e do financiamento pelo menos durante o primeiro ano de actividade".
Esta acção conta com a presença do presidente da Câmara Municipal da Pampilhosa da Serra, Fernando José Pires Lopes e com António Pinto, do Centro de Emprego de Figueiró dos Vinhos, que falará do Programa de Estímulo à Oferta de Emprego.

Horacio Silva e Jose Manuel, da Pinhais do Zézere falarão do Microcrédito para Auto-Emprego e a Criação de Empresas - SIM.

Filipe Lopo

filipelopo@sapo.pt



publicado por Filipe Lopo às 13:21
link do post | favorito
 O que é? |

Segunda-feira, 9 de Abril de 2007
Embaixador de Moçambique visita Castanheira de Pera

O Dr. Miguel Costa M’Kaima, Embaixador de Moçambique em Portugal, visitou Castanheira de Pera no passado dia 10 de Março.

Após uma recepção de boas vindas no Salão Nobre da Câmara Municipal, pelo Presidente do Município, Prof. Fernando Lopes, com a presença da Srª Vice Presidente Drª Ana Paula e pelo Vereador Arnaldo Santos e pela Srª Presidente da Assembleia Municipal, Prof. Conceição Soares, para além de alguns particulares e alguns funcionários do Município, esta recepção contou ainda com a presença do Governador Civil do Distrito de Leiria, Dr. José Miguel Medeiros.

Depois da recepção na Câmara Municipal, toda a comitiva visitou ainda a Praça da Notabilidade e a Praia das Rocas. No final, juntamente com o Presidente da Câmara e com o Governador Civil, o Embaixador de Moçambique, teve tempo de passar pelo local do Comando onde se emanavam as ordens para o Simulacro que se desenrolava a nível da Zona Operacional.

Filipe Lopo

filipelopo@sapo.pt



publicado por Filipe Lopo às 17:03
link do post | favorito
 O que é? |

Simulacro Em Castanheira de Pera

Um incêndio com inicio no lugar das Sarzedas, com a sirene a chamar os Bombeiros cerca das 16H00, provocou a deslocação de 18 viaturas de fogo e 78 Homens, de toda a Zona Operacional, para além dos carros de Comando que estiveram ‘estacionados’ junto ao cemitério das Sarzedas.

Este incêndio, que teve inicio nas Sarzedas, passou a estrada para o lado da Ervideira dirigindo-se de forma rápida por cima dos pinhais existentes na Zona.

O ‘incêndio’ teve uma duração de cerca de duas horas, colocando em risco algumas habitações junto á Ervideira.

Presentes no local estiveram o Governador Civil do Distrito de Leiria, Dr. José Miguel Medeiros; O Presidente da Câmara Municipal, Prof. Fernando Lopes e ainda o Embaixador de Moçambique, Dr. Miguel Costa M’Kaima; que estava de visita ao Concelho de Castanheira de Pera.

O facto do toque de alarme ter sido dado da forma normal, com o toque da sirene, levou a que muitos castanheirenses apanhassem um bom susto, especialmente quando viram passar as muitas viaturas que assinalavam a sua marcha de urgência.

Neste simulacro notou-se a falta dos B.V. de Ansião e não se vislumbraram sequer os tão badalados GIP’S.

 

Filipe Lopo

filipelopo@sapo.pt



publicado por Filipe Lopo às 17:02
link do post | favorito
 O que é? |

Semana do Cabrito em Castanheira de Pera

 De 30 de Março a 8 de Abril, está a decorrer em Castanheira de Pera  a “Semana do Cabrito”.

Assado no forno, grelhado ou frito com castanhas, com ou sem o “Arroz de Miúdos”, são as iguarias que se podem encontrar nos restaurantes de Castanheira de Pera, que aderiram a esta iniciativa, numa organização da Prazilândia E.M.

Estas iguarias poderão ser encontradas nos restaurantes “Albergaria Lagar do Lago”, Churrasqueira Castanheirense”, “Fórum Café” e Snack-Bar “O Gil”, através de encomenda prévia.

Nesta altura, época Pascal; este será um evento a não perder e a saborear, até porque o ‘Cabrito’ é criado em rebanhos que pastam pela Serra, tendo por isso mesmo um sabor peculiar bem apreciado.

Sendo esta a 1ª vez que se realiza a “Semana do Cabrito”, espera-se que á semelhança de outros eventos anteriores, este seja também um sucesso a repetir.

 

                                                                                                                                                     Filipe Lopo

filipelopo@sapo.pt



publicado por Filipe Lopo às 17:01
link do post | favorito
 O que é? |

Fuga de Gás na Moita

No passado dia 11 de Março, pelas 18.00 horas, sensivelmente; os Bombeiros Voluntários de Castanheira de Pera, foram chamados para uma emergência no lugar da Moita.

Tratava-se de uma fuga de gás que colocou em risco uma residência bem no centro da povoação. Felizmente que tudo não passou de um susto, grande mesmo; mas que terminou rápidamente não chegando a haver quaisquer danos pessoais, sendo poucos os danos materiais.

Mas nesta noticia, a noticia mesmo foi a tentativa de agressão de um familiar junto á nossa reportagem, que tentou danificar a nossa máquina fotográfica, não o conseguindo devido á forma como costumamos, por precaução simples; proteger o nosso material.

Este assunto, presenciado por todos os que ali estavam, levou a que muitos se  colocassem do nossa lado, protegendo-nos da forma ridícula como fomos abordados, inclusivé pelos próprios familiares da pessoa que tentou danificar e interromper o nosso trabalho.

Felizmente que nada aconteceu, não tendo nós mesmo apresentado qualquer queixa contra o indivíduo em causa.

De salientar que, em reportagem, muitas foram já as vezes que sentimos de perto a revolta de alguns, sentindo o que as estatísticas dizem ser esta uma das mais “perigosas profissões do Mundo”.

 

Filipe Lopo

filipelopo@sapo.pt



publicado por Filipe Lopo às 17:00
link do post | favorito
 O que é? |

III Convivio de Pesca

A Associação de Pescadores Desportivos da Ribeira de Pera, Castanheira de Pera; promoveu no passado dia 11 de Março o seu III convívio de Pesca. Este encontro, teve como finalidade a pesca aos Samonideos, com aparelhos “especiais”, onde as trutas ‘pescadas’ eram de novo lançadas á água, depois de medidas e pesadas.

Tivemos o prazer de conversar com alguns especialistas na matéria, que nos foram apresentados pelo Paulo Pereira, Presidente da Associação Castanheirense.

Nuno Breda e Rui Casimiro, entre outros; foram os portugueses com quem mais trocámos algumas palavras. No entanto, tivemos ainda o prazer de conversar com Philip Pembroke, Inglês, jornalista e escritor da especialidade, que tem algumas publicações sobre locais de lazer e pesca no Mundo. Pelo que soubemos, Castanheira de Pera, com a sua Ribeira de Pera, fará parte do seu novo Roteiro a publicar em meados deste ano.

Num convívio em que participaram cerca de três dezenas de aficcionados, encontrámos entre eles alguns dos sócios da Associação Castanheirense, encontrando-se entre eles uma única senhora, castanheirense: - A Dª Soledade.

O que prova que a pesca é para todas as idades e ambos os sexos.

Com inicio cerca das 9H00, o Convivio terminou já depois das 16, após um excelente repasto no Restaurante Poço Corga, com a presença do Sr. Presidente da Câmara Municipal, Prof. Fernando Lopes; mas onde não se comeu peixe, antes pelo contrário, sendo o prato de carne bastante apreciado por todos.

Ficamos a aguardar por mais iniciativas, sabendo que é propósito da Associação de Pescadores Desportivos da Ribeira e Pera fazer da Ribeira um a espécie de ‘berço’, ou ‘viveiro natural’, onde possam ser criadas Trutas em numero suficiente para a Pesca Desportiva à Pluma e, também, para ‘exportar’ para outros locais.

 

Filipe Lopo

filipelopo@sapo.pt



publicado por Filipe Lopo às 16:59
link do post | favorito
 O que é? |

Castanheira de Pera na “Corrida Solidária Por Moçambique”

Cerca de 250, foram os participantes da “Corrida Solidária Por Moçambique”, que ocorreu em Castanheira de Pera no passado dia 21 de Março pelas 10H00, numa “iniciativa dos Médicos do Mundo...  ...para angariar de fundos para a construção de 2 Escolinhas Comunitárias no distrito de Namaacha em Moçambique” e organizada pela CERCICAPER.

Apenas era necessário contribuir com um mínimo de um euro.

Jovens e Adultos de ambos os sexos, a pé, de bicicleta ou em cadeira de rodas; das diversas Instituições Castanheirenses, como Cercicaper,  Stª Casa da Misericórdia, EB 2,3, Centro Comunitário e Câmara Municipal (cujos funcionários tiveram tolerância de ponto cedida pelo Presidente, para participarem no evento),  para além de muitos que particularmente se juntaram á “Corrida Por Moçambique”.

Num percurso que teve inicio frente à Câmara Municipal, passando junto á Rotunda frente ao edifício onde está instalada a Junta de Freguesia, na Rua Silva Bernardes; descendo a Av. Dos Bombeiros Voluntários, subindo a Rua João Bebiano em direcção á meta, de novo frente á Câmara Municipal; os cerca de 250 participantes foram acompanhados pelo Prof. Fernando Lopes, Presidente da Câmara Castanheirense, da Vice Presidente, Drª Ana Paula e pelo Vereador Arnaldo Santos.

Junto com o Presidente da Câmara Municipal esteve desde inicio o Representante da Embaixada de Moçambique, também ele acompanhando durante todo o percurso os participantes.

No meio de toda esta história de felicidade e ajuda, encontrámos um ponto negro: - houve quem contrariasse as ordens superiores e não autorizasse a participação de alguns funcionários sob as suas ordens.

Esperamos sinceramente que este indivíduo nunca necessite de ajuda de alguém, para que nunca sinta o que se é pedir ajuda e ser-lhe negada.

Foi num ambiente de alegria  e de festa que observámos todos quantos estiveram envolvidos nesta iniciativa, fazendo-nos esquecer os menos compreensivos e tolerantes.

No final, a quantia “arrecadada”, estava perto dos 500 euros, sendo que ainda há quem esteja a enviar a sua participação sem sequer ter participado pessoalmente nesta iniciativa.

Estão neste caso alguns estabelecimentos comerciais castanheirenses, a quem a organização agradece: - Forum Café, Snack Bar O Gil, Farmácia e Centro Recreativo do Coentral.

Filipe Lopo

filipelopo@sapo.pt



publicado por Filipe Lopo às 16:59
link do post | favorito
 O que é? |

Castanheira de Pera já tem “Congelados”

Abriu no passado dia 31 de Março, na Rua da Eira Velha, no entroncamento com a Rua Silva Bernardes; o “PERAGEL”, um estabelecimento comercial que comercializa sómente produtos alimentares congelados.

Desde o peixe, ao marisco e aos legumes, passando pelas Pernas de Rã, o consumidor poderá encontrar no local uma variada quantidade de produtos congelados e a preços acessíveis, muitas vezes quase impossível de encontrar no comércio já existente em Castanheira de Pera.

O recinto comercial, com cerca de 47m², tem oito arcas horizontais e uma vertical.

Segundo a sua proprietária, Joana Pinto da Rocha, corroborada pelo seu marido, Júlio Fazendeiro; este é um teste, e um desafio por eles efectuado á “Serragel”; para uma possível expansão da referida empresa, sediada na Covilhã; na abertura de algumas “lojas”, já que esta empresa sómente faz a distribuição dos seus produtos pelas casas comerciais existentes.

À pergunta de como decidiram abrir este espaço em Castanheira de Pera, ambos são unânimes em confidenciar que a mesma surgiu há sómente um mês atrás, da sua relação familiar com este Concelho, nomeadamente com a povoação de Pera. Sendo ela, Joana; Engª da Qualidade e ele, Júlio; Analista de Sistemas, muito cedo se “apaixonaram por Castanheira, pela sua paisagem e pela forma como sempre foram recebidos”, sendo que o potencial existente e que ainda não é totalmente explorado, poderá ser uma mais valia na sua aposta comercial.

As paredes ainda muito ‘brancas’, poderão em breve estar decoradas por desenhos de crianças em idade escolar, num concurso que pensam efectuar brevemente.

No primeiro dia da sua abertura, “foi necessário reabastecer pelo menos duas vezes as arcas existentes, o que mostra bem a satisfação dos consumidores em Castanheira de Pera”.

Não podemos deixar de salientar que este estabelecimento comercial criou, de inicio, um emprego, podendo ser alargado “caso se verifique a necessidade viável á colocação de mais funcionários

 

Filipe Lopo

filipelopo@sapo.pt



publicado por Filipe Lopo às 16:57
link do post | favorito
 O que é? |

Castanheira de Pera recebe os SAX ENSEMBLE

Organizado pela CAPERARTE – Associação Cultural para o Desenvolvimento de Castanheira de Pera - e com o apoio do INATEL, o Quarteto de Saxofones Sax Ensemble, estará em Castanheira de Pera n dia 26 de Maio próximo, pelas 21H00, onde irão actuar no Auditório do Centro Paroquial.

Os “Sax Ensemble” foram criados em 1992 “tendo surgido profissionalmente em Setembro de 1994, com o apoio da Escola de Música São Teotónio”.

Com um vasto currículo musical, destacando-se os trabalhos realizados com grupos prestigiados como “Quarteto de Saxofones Rascher de Colónia, Quarteto de Saxofones de Amesterdão, Daniel Deffayet e o Quarteto Jean-Yves Fourmeau”.

O Sax Ensemble que iniciou as suas actividades sob “a orientação do Professor Adelino Martins”, sendo considerado um Grupo de Música de Câmara, “tem colaborado com diversas orquestras, nomeadamente a Orquestra Filarmónica das Beiras e o Grupo de Instrumentos de Sopro de Coimbra, com o0 qual têm obtido diversos prémios internacionais”.

Actuando por todo o País, “incluindo as Ilhas”, os seus espectáculos passam além fronteiras, pela França, Bélgica e Itália.

Um espectáculo a não perder, que apaixonará os que estarão presentes.

 

Filipe Lopo

filipelopo@sapo.pt



publicado por Filipe Lopo às 16:56
link do post | favorito
 O que é? |

BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE CASTANHEIRA DE PERA

Depois das duas últimas reuniões que excederam todas as expectativas e que resultaram na eleição dos novos Corpos Gerentes, tendo havido na altura a maior afluência de sócios neste género de Assembleias Gerais até ao momento; o Presidente da Assembleia Geral, Pedro Graça; convocou para o dia 31 de Março uma Assembleia Geral Ordinária, pelas 15H00; cuja ordem de trabalhos foi a “Discussão e Votação do Relatório de Contas relativos ao ano de 2006”, e pelas 18H00 uma Assembleia Geral Extraordinária, cuja ordem de trabalhos foi “Proposta de Alteração dos Estatutos” e “Outros Assuntos de Interesse Geral para a Associação”.

A pouca afluência dos sócios foi visível nas duas reuniões de 31 de Março.

 

Filipe Lopo

filipelopo@sapo.pt 



publicado por Filipe Lopo às 16:54
link do post | favorito
 O que é? |

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Novo endereço - http://ca...

AS SUAS NOTICIAS - O NOSS...

25 de ABRIL de 1974 - 36º...

OS PERIGOS DA INTERNET

VIOLÊNCIA EM DEBATE

CASTANHEIRA DE PERA RECEB...

CARTA DE UMA MÃE PARA OUT...

CORO DE SANTO AMARO DE OE...

TOMADA DE POSSE DOS ELEIT...

DISCURSO DO PRESIDENTE DA...

TOMADA DE POSSE DOS ELEME...

HOJE ESTOU DANADO

ACTO ELEITORAL NA FREGUES...

FUTEBOL DE RUA – ÉPOCA 20...

APANHA DE SEMENTES – PROJ...

GNR de Pombal apreendeu m...

CANYONING - Ribeira de Qu...

“DEUS ABENÇÕE OS PAIS MAU...

RESULTADOS DAS ELEIÇÕES A...

DISTRIBUIÇÃO DE MANDATOS ...

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 200...

EXPOSIÇÂO NA CASA DO TEMP...

Há Festa em Castanheira d...

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS EM C...

PARTIDO SOCIAL DEMOCRATA ...

PARTIDO SOCIALISTA - CAND...

"PAISAGENS" EXPOSIÇÃO FOT...

EXPOSIÇÃO DE MOTORIZADAS ...

Iº Torneio de Vólei Praia...

DUAS LUAS A 27 DE AGOSTO ...

DIA MUNDIAL DA FOTOGRAFIA

DIA INTERNACIONAL DA JUVE...

Dia 15 de Agosto a RTP ch...

PSD candidata presidente ...

CASTANHEIRA DE PERA - PS ...

04 de Julho de 2009 - Dis...

04 de Julho de 2009 - Dis...

Festa do Livro volta à Pr...

COMEÇOU A CAMPANHA ELEITO...

JS não integra lista do P...

ULTIMA HORA - MINISTÉRIO ...

PEDIDO DE DESCULPA

CANDIDATO À AUTARQUIA CAS...

95º ANIVERSÁRIO DE CASTAN...

APRESENTAÇÃO DE 70 NOVAS ...

PASSEIO PEDESTRE, ESCONHA...

Stº ANTÓNIO DA NEVE - C...

Memórias do Antigamente l...

XII FESTIVAL DE FOLCLORE ...

TRIANGULACOES de JOSÉ POR...

arquivos

Janeiro 2011

Abril 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Março 2006

tags

todas as tags

links
Paralaxe

VISITAS

Estadisticas web
blogs SAPO
Pesquisa
 Busca e Pesquisa Evangélica