Página não oficial do Concelho de Castanheira de Pera
Sábado, 29 de Março de 2008
Castanheira de Pera - Juniores Castanheirenses: - A decepção

Juniores Castanheirenses: - A decepção

Acabámos de sair do campo Dr. José Fernandes de Carvalho, em Castanheira de Pera, onde assistimos ao jogo do escalão de Juniores entre o Sport Castanheira de Pera e Benfica e a Desportiva de Figueiró dos Vinhos.
Com uma primeira parte em que ambas as equipas procuraram unicamente chegar ao golo que
lhes poderia dar a vitória, é a Desportiva que se adianta no marcador através de uma grande

penalidade, inaceitável por parte da defesa do SCPB, visto que o jogador da Desportiva não se encontrava em situação com ângulo para marcar o golo.
Bem assinalado a grande penalidade, dando a vantagem á equipa visitante, terminando quase
de imediato os primeiros 45 minutos. Esperava-se que a segunda parte fosse um pouco melhor e o jogo se tornassse num "clássico" da Comarca, com ambas as equipas disputando a bola em busca, sómente, da vitória.
Tal não aconteceu e, embora as mexidas em ambas as equipas viessem dar mais alento, o facto
é que de novo é a Desportiva de Figueiró dos Vinhos que se adianta no marcador, quando

cerca dos 20 minutos marca o segundo tento, numa bola mal defendida pelo guardião castanheirense.
Num rasgo de alguma inteligência, o atleta castanheirense que até ao momento mais faltas
tinha provocado e mesmo simulado, levando a que uma conversa entre nós próprios, um adepto do SCPB (pai de um dos atletas que tinha ficado no banco) e outro da Desportiva (cremos que o  motorista do autocarro do Municipio e Figueiro dos Vinhos que transportara a equipa de Juniores da Desportiva), deixasse antever que alguma coisa de grave poderia

acontecer no final; o atleta , diziamos nós , marca um golo após alguma insistência junto á baliza da Desportiva, provocando ainda um sururu por a bola não ser reposta de imediato em jogo.
Terminava o jogo com o SCPB a perder or 1 bola contra 2 das Desportiva.
Com uma arbitragem (da A.F,L.) que na 1º parte estivera á altura dos acontecimentos, não se
podia dizer o mesmo já na segunda parte.
No entanto, o pior aconteceria quando o juiz da partida finalizava a mesma, com 4 minutos de
compensação - que não nos pareceu muito devido aos acontecimentos da 2ª parte - : Um dos atletas dpo SCPB, a " vedeta", agrediu literalmente um dos atletas da Desportiva levando a que houvesse uma invasão de campo, com muitos dos presentes a tentar proteger os atletas de ambos os lados, sendo mesmo visivel que alguns dos atletas do SCPB de tudo fizeram para ajudar os seus colegas atletas da Desportiva, enquanto que alguns dos adultos que ali se encontravam a asssistir ao jogo se agrediram mutuamente (entre adeptos de Castanheira e Figueiró dos Vinhos).
A situação que ali se passou, durante alguns minutos, foram dignas de cenas do terceiro
mundo.
Perguntamos até quando?
Continuamos a alertar para que situações como esta não voltem a acontecer.
Para tal, há que PROIBIR a entrada de alguns adeptos nos campos, visto que são quase
sempre (em 90% dos casos) os mesmos a incentivar outros á violência quer com o palavreado que usam, quer ainda com as suas atitudes.
As Direcções dos Clubes tem essa autoridade e podem fazê-lo para bem do Clube, do
Concelho a que pertencem e dos seus Atletas.
Para que terminem de vez com estas situações,  as direcções dos Clubes, neste caso especifico
do SCPB; terão que impedir a entrada deste tipo de gente, que todos conhecem e nada fazem

para que as suas atitudes continuem a denegrir um Clube e, ou, mesmo um Concelho.
Antes de treminarmos deixamos algumas perguntas no ar:
- Porque não se faz nada contra este tipo de gente que só serve para dar uma má imagem do
Clube?
- Será porque todos os consideram "carenciados"?
- Ou será porque o "vedetismo" deste atleta será necessário para destruir um trabalho que
estava a ser realizado de forma séria e concisa?
- Porque se permite que atletas com 'influência na equipa', fiquem no banco?
Há que tomar uma atitude urgente e já, para bem do SCPB e de Castanheira de Pera.

Já agora, deixamos uma pergunta sobre uma atitude menos digna de um dos Atletas da Desportiva:

- Se o referido Atleta não tivesse sido provocado por algumas "senhoras" castanheirenses, já na saida do campo, teria ele realizado essa atitude?

Parece-nos que não!

A Desportiva de Figueiró dos Vinhos ganhou em Castanheira de Pera e, pelo que fez, bem mereceu essa mesma vitória.

Filipe Lopo
filipelopo@sapo.pt



publicado por Filipe Lopo às 20:43
link do post | favorito
 O que é? |

Quinta-feira, 27 de Março de 2008
Castanheira de Pera - No Sport Castanheira de Pera e Benfica a Direcção Demite-se

Será na próxima sexta feira, dia 28 de Março de 2008; que se realizará a Assembleia Geral Ordinária, pelas 20H30, com a 2ª Convocatória marcada para as 21H30 cujos pontos de discussão são:

1º - Votação e Aprovação do Relatório e Contas e Parecer do Conselho Fiscal.

2º - Eleição dos Órgãos Sociais do Clube, para o ano de 2008/2009.

De salientar que este Clube, fundado a 03 de Setembro de 1935, já com um longo historial na sua vida desportiva e cultural, teve as suas ultimas eleições no passado dia 6 de Agosto de 2007.

Esta ‘remodelação directiva’, serve apenas para dar um novo alento ao SCPB, não s e prevendo quaisquer mal-entendidos nesta Assembleia.

Pelo que conseguimos apurar, até ao momento só está previsto o aparecimento de uma lista, com uma ligeira alteração, com a manutenção da maioria dos elementos da Direcção anterior.

Assim, os nomes para a Direcção que podemos de momento avançar, são:

Presidente - Carlos Alberto Mendes Fernandes

Vice-Presidente - Júlio Agostinho Barata Salgueiro

1º Secretário - Gonçalo Fernando Correia Conceição

2º Secretário - Virgilio Calado Silva

Tesoureiro - José Mário Antão Rodrigues

Esperamos rápidamente poder dar conhecimento da constituição do novo elenco directivo do SCPB, sabendo que já no próximo dia 29 e dia 30 algumas alterações se notarão com alguma certeza.

 Filipe Lopo

                                                                                                                                   filipelopo@sapo.pt


publicado por Filipe Lopo às 19:35
link do post | favorito
 O que é? |

Castanheira de Pera - Queda grave durante prática desportiva escolar

Na manhã do passado dia 14, sexta feira; durante o decorrer da prova desportiva radical, na modalidade de rappel; que a escola Dr. Bissaya Barreto escolheu para, com um determinado numero de jovens estudantes, assinalar o ultimo dia de aulas antes das férias da Páscoa, aconteceu o que todos menos esperavam:

- Quando se preparava para descer com a corda como segurança, Paulo M. H. Marques, de 16 anos; iniciou um “voo em queda livre” de uma altura de quase dez metros de altura.

Caído na margem da Ribeira de Pera, na ponte a norte da Praia das Rocas, na Variante dos Moredos; o jovem Paulo esteve durante cerca de uma hora no local da queda, enquanto os Bombeiros locais procediam á sua imobilização e remoção.

Devido á perigosidade da queda, foi chamado o INEM que interveio no local com os médicos chegados de helicóptero, antevendo-se a possibilidade da remoção ser efectuada para o Hospital dos Covões por este meio. Caso que não se veio a verificar, devido a possíveis fracturas que pudessem prejudicar ainda mais o estado de saúde do sinistrado.

Felizmente que depois dos diversos exames efectuados no Hospital para onde foi transportado, nada mais foi diagnosticado a não ser uma “luxação, ou deslocamento da omoplata”, obrigando a que o jovem ficasse em repouso absoluto durante uma semana.

Paulo Marques, que teve alta na manhã do dia seguinte, é guarda redes da Equipa de Juniores do Sport Castanheira de Pera e Benfica e, também, aspirante a Bombeiro de 3ª, na Associação dos Bombeiros Voluntários de Castanheira de Pera, onde presentemente frequenta o Curso de Formação.

 Filipe Lopo

                                                                                                                                              filipelopo@sapo.pt


publicado por Filipe Lopo às 19:30
link do post | favorito
 O que é? |

Segunda-feira, 10 de Março de 2008
Castanheira de Pera - Juniores de Castanheira de Pera com Arbitragem de Luxo

Juniores de Castanheira de Pera com Arbitragem de Luxo

 

Após se ter assistido a jogos sem Equipas de Arbitragem, e em que a confusão era uma constante, levando mesmo a que em muitos deles presenciássemos cenas menos dignas, eis que após muitas reclamações perante a Associação de Futebol de Leiria, alguma coisa começou a mudar, para melhor; neste escalão do futebol distrital: - Os Juniores.

Tudo isto tem a ver com os dois últimos jogos de Juniores a que assistimos em Castanheira de Pera.

Um, cujo adversário foi o Guiense no dia 23 de Fevereiro, o outro foi no passado dia 08 de Março com o Alegre Unido. Em ambos estes jogos, as equipas de arbitragem vieram da Associação de Futebol de Castelo Branco.

Rui Miguel Cristóvão Dias, Jorge M. R. E. Fernandes, Ricardo José L. Fontes e Tiago Gonçalves, Luís Cruz e Luís Máximo, foram os jovens árbitros que, em Castanheira de Pera, deram o exemplo de como um Árbitro deve agir e interagir no campo de jogo e entre os jovens atletas do escalão de Juniores.

Sempre com uma postura excelente em campo, davam as primeiras lições a muitos dos Árbitros da Associação de Futebol de Leiria, quando á entrada da porta do seu balneário se via a diferença:

- Ambas as equipas de Arbitragem colocaram logo de imediato a sua identificação, a ficha de “Constituição de Equipa”, o que não acontece com as diversas equipas que veem da Associação de Futebol de Leiria.

Depois, a sua postura em campo, numa atitude responsável e sabendo manter as distâncias sem serem indelicados ou mesmo mal educados.

Decerto que o facto de não conhecerem os atletas das diversas equipas do distrito de Leiria, terá facilitado a sua tarefa, pois não tinham intimidades com os mesmos, ou vice versa.

Marcando as faltas que “tiveram de marcar”, fizeram-no com uma atitude didáctica e sem serem ‘agressivos’ para com os atletas faltosos.

Atitudes essas que se revelaram benéficas mesmo no comportamento dos adeptos que se encontravam em campo.

Parece-nos que o cursos  dados na Associação de Futebol de Castelo Branco são muito diferente dos da Associação de Futebol de Leiria...

Parafraseando um delegado ao jogo entre o SCPB e o Alegre Unido (delegado visitante), “talvez fosse bom que os árbitros da AFL tivessem algumas aulas com os seus colegas da AFCB”.

Parece-nos haver alguma verdade nesta frase...

Terminando, os nossos parabéns sinceros pela atitude da AFL em ter a AFCB na ajuda em culmatar as faltas dos árbitros em alguns jogos de Juniores no districto de Leiria. Parece-nos que a única falha existente, foi a de não o terem feito há mais tempo.

 

Texto e Fotos:

Filipe Lopo

Filipelopo@sapo.pt



publicado por Filipe Lopo às 23:18
link do post | favorito
 O que é? |

SCPB 2 x RANHA 0

Sport Castanheira de Pera e Benfica 2 x Ranha 0


                                                        SCPB:
- Luís (Guarda Redes); Tiago; Márcio; Chapa (Nuno)(que regressa á equipa após cinco jogos e castigo); Damásio; Rodrigo, Mário Tó (Cap.); Paulito; Fábio; Marcolino; Donisete.
Suplentes: - Jorge (Guarda Redes); Luís (Chocolate); Zé Mário; Ruben Vidal; Assa (Gonçalo); Xico (Hugo).

Treinador: - Zé Alberto (Inglês)

                                                        RANHA:
- Arlindo (Guarda Redes); Mico; Ângelo; Filipe (Cap.); Carlos; Tiago; Gonçalo; Tito; Cordeiro; Perusi; Victor.
Suplentes: - Humberto (Guarda Redes); Faria; Branquinho; Eurico; Paulo; Micas.
Treinador: - José Sena

 

Equipa de Arbitragem: Ricardo Morgado; Ricardo Pereira; Artur Louceiro.
                                  ==============================
O Campo Dr. José Fernandes de Carvalho em Castanheira de Pera, recebeu o desafio que aqueceria a tarde fria e ventosa que ali se fazia sentir, no pelado castanheirense, no passado domingo, dia 09 de Março.
Com as equipas alinhando á hora marcada, Ricardo Morgado deu inicio ao jogo que teve os primeiros 45 minutos bem diferentes do que iríamos presenciar na sua segunda metade.
Com ambas as equipas a demonstrar que estavam ali para mostrar o seu valor, contrariando o adversário, assistimos a excelentes momentos de futebol nos primeiros 45 minutos.
Embora o SCPB tivesse aguentasse a Ranha no seu meio campo, é esta equipa a levar perigo pela primeira vez aos quatro minutos junto da área do SCPB.  È então a vez da equipa da casa devolver a graça e, um minuto depois, é a vez da baliza da Ranha sentir um pequeno arrepio.
Com o jogo a desenvolver-se em ambos os lados do pelado, assistia-se a uma pequena superioridade do SCPB em relação á Ranha.
Surgem entretanto dois lances polémicos, um a favor da equipa visitante e o segundo a favor da equipa da casa. Duas faltas, ambas cometidas no meio campo, que o juiz da partida não assinala, escutando-se então os primeiros protestos quer dos atletas quer do público.
Embora com a primeira parte praticamente empatada, em parte devido ao forte vento que se fazia sentir e que prendia ou levava mais longe a bola, é num canto a favor do SCPB, aos 43m, que Mário Tó, á vontade, faz o primeiro golo do jogo, num cabeceamento que a todos deixa surpreendidos: - Arlindo, o guarda redes da Ranha, deixava entrar uma bola facilmente defensável.
Terminava a primeira parte, debaixo de um vento forte; prevendo-se que a segunda parte nada trouxesse de novo.
Estávamos enganados.
O treinador da Ranha mexeu logo no inicio na sua equipa, fazendo entrar Faria para o lugar de Filipe, o capitão.
Filipe levava mais vida á equipa e apesar do vento, durante alguns minutos viu-se um futebol mais táctico, em ambas as equipas.
Com diversas faltas cometidas de ambos os lados, sem direito a cartões, sentia-se que os atletas começavam a ter os nervos á flor da pele, sem que Ricardo Morgado conseguisse acalmar o que já se adivinhava poder ser imparável: - Os atletas começavam a jogar com mais dureza e, pela parte da Ranha, o seu nº 7, Gonçalo; é o primeiro a dar nas vistas com algumas simulações de faltas, seguido do nº 10, Perusi; levando a que Mário Tó, o nº 20 e capitão do SCPB, reclamasse por diversas vezes junto ao árbitro pelas atitudes destes jogadores.
Aos 7 m da segunda parte, Mário Tó, do SCPB, via a cartolina amarela, por reclamar.
Logo depois, Luís, o guarda redes do SCPB, aos 10 m, vê também ele a cartolina amarela, após pontapear a bola cuja trajectória é desviada pelo vento, não entendo assim o árbitro.
Com o jogo a endurecer, é de novo o treinador da Ranha que tenta impor um novo ritmo ao jogo e, praticamente aos 15 m, faz entrar Paulo para o lugar de Cordeiro, o homem que até ao momento mais vontade mostrara em dar a volta ao resultado.
Finalmente aos 22m, Gonçalo, da Ranha; vê o cartão amarelo. Tentava assim o árbitro da partida colocar alguma ordem no jogo.
Há então uma sucessão de contra ataques quer da parte do SCPB que desperdiça diversas oportunidades de aumentar a vantagem no marcador, até que aos 33m surge uma jogada de contra ataque da Ranha, isolando Victor, nº 20; ficando este frente a frente com o guarda redes Luís do SCPB, obrigando a que Luís saísse ao lance para fazer a mancha já fora da grande área e defendesse a bola a cerca de dois metros do seu terreno regulamentar, impedindo assim que a Ranha empatasse o jogo e, talvez, pudesse mesmo aumentar a vantagem, visto que estavam
nesta altura os atletas da equipa visitante, bastante motivados.
A partir desta altura o SCPB vê-se reduzido a dez unidades, tendo Luís, que já tinha um amarelo, visto a cartolina vermelha, sacrificando a sua personalidade em favor da equipa. Há então uma mexida no SCPB, com o seu treinador, Zé Alberto (Inglês), a fazer entrar Jorge, o guarda redes suplente, fazendo sair Fábio.
A equipa visitante desperdiça este livre e praticamente logo depois, aos 40m, de novo o Treinador do SCPB mexe na equipa e faz sair Donisete para colocar em campo Zé Mário que, logo na primeira oportunidade que tem, fica também ele isolado frente a Arlindo, guarda redes da Ranha; enganando este com um belo
passe, e ficando sozinho levou a bola até á baliza fazendo o tento que daria a vantagem á equipa da casa.
Entretanto aos 41m, Paulo, da Ranha; vê a cartolina amarela por agressão a Mário Tó.
Com cinco minutos de compensação, já em pleno tempo de descontos, Zé Inglês faz entrar Assa para o lugar de Marcolino, aos 46m.
Com o tempo de compensação esgotado, e finalizada partida de futebol pelo árbitro Ricardo Morgado, salientamos o fair play de alguns atletas que no final se cumprimentaram.
No entanto, não podemos deixar passar em branco a atitude de extrema má educação do nº10 da Ranha, Perusi; que com alguns gestos obscenos, indecorosos  e indignos de um atleta, se virou para um grupo de jovens quando saía do campo em direcção aos balneários.
É pena que no desporto ainda se assistam a atitudes deste género.


Texto e fotos:
Filipe Lopo
filipelopo@sapo.pt



publicado por Filipe Lopo às 02:44
link do post | favorito
 O que é? |

Quarta-feira, 5 de Março de 2008
Castanheira de Pera - O Regresso

O Regresso

Após seis meses de 'descanso', voltamos á vossa presença com as noticias possiveis de Castanheira de Pera.

Este 'descanso'  teve a intenção propositada de provar que Castanheira de Pera tem noticias diárias e que 'não são aproveitadas por quem de direito'.

Foi porque nos teem solicitado a nossa presença que aqui estamos de novo. Agradecidos pelo voto de confiança que nos tem sido dado, pessoalmente ou por email.

São gente como os que nos contactam, de norte a sul de Portugal e mesmo dos Países estrangeiros; castanheirenses a viver fora da sua Terra Natal, que nos incentivam e dão a força necessária para continuar um trabalho 'inglório', porque todos sabemos que "Santos da Terra Não Fazem Milagres".

Sinceramente sentimos que há um défice de noticias para os Castanheirenses que estão fora da sua Terra. Não queremos, nem desejamos ocupar o papel e o lugar de quem quer que seja, mas desejamos que a nossa pequena contribuição sirva para ajudar a culmatar este défice.

E há que ter coragem para o dizer!

Para os que nos teem desafiado, e apoiado, a acontinuar com este projecto "voluntário", o nosso abraço de sincera amizade, com a certeza de que iremos dar o nosso melhor e continuar a fazer o trabalho que nos solicitam.

P'lo "Castanheira de Pera em Noticia", o nosso sincero obrigado.

 

Filipe Lopo

filipelopo@sapo.pt

 

 

 



publicado por Filipe Lopo às 21:37
link do post | favorito
 O que é? |

Castanheira de Pera - Habitação Social

Habitação Social

 

Foram entregues no passado dia 01 de Fevereiro as casas de habitação social ás famílias de baixos recursos, ditas ‘carenciadas’,  do concelho de Castanheira de Pera, sem qualquer pompa nem circunstância.

Foi de uma forma simples que nesta segunda fase, as doze famílias contempladas, receberam da mão da Vice-Presidente da Câmara Municipal de Castanheira de Pera, Drª Ana Paula; as chaves que lhes deram acesso ao interior das casas, deram-lhes o conforto necessário.

Na entrega destas habitações, assistimos a desabafos como ...“foi o melhor que me aconteceu na vida”, ...“nunca pensei ter uma casa tão grande”, ...”que cozinha enorme”, ou mesmo o desabafo de uma criança ao exclamar ...”olha mãe! Até tem uma lareira!”.

As emoções sentidas no local, levaram a que a Vice Presidente do Município Castanheirense nos confidenciasse num desabafo emotivo: - “São atitudes como esta que me dão força para continuar no dia a dia. Estas pessoas são sinceras. Veja só como nos agradecem. Veja como estão sensibilizadas e felizes.”

Assistimos a senhoras quase sem fala, lágrimas nos olhos e sorrisos envergonhados.

Deixámos o local, situado no Bairro da Colina, junto á Urbanização do Valseá, não sem antes assistir-mos a um dos novos habitantes que, de mãos postas agradecia emocionado o facto de ter agora uma nova casa. A sua ardera há uns tempos atrás e, por falta de confiança e esperança, deixara quase que se interessar por si próprio. Prometia então fazer uma limpeza completa: - Fazer a barba, cortar o cabelo, tomar banho... Hoje, já o vimos mudado e, sinceramente, esperamos que uma nova esperança e alegria entre na sua vida.

 

Texto e fotos:

Filipe Lopo

filipelopo@sapo.pt

 



publicado por Filipe Lopo às 21:30
link do post | favorito
 O que é? |

Castanheira de Pera - Pintura na Casa do Tempo

Pintura na Casa do Tempo

De 29 de Fevereiro a 25v de Março, vai estar patente ao público uma exposição de pintura de Anka Van Dorp no museu Casa do Tempo, em Castanheira de Pera.

Holandesa de nascimento, residente actualmente em Mega Cimeira, a poucos quilómetros de Castanheira de Pera, a pintura para esta artista é “uma forma de captar um movimento, uma expressão, um instante da vida”...

“Concentrada na pintura, Anka Dorp encarrega-se também de buscar a sua própria tranquilidade e, obra após obra, deixa florescer uma linguagem pictórica autónoma, acabando a sua arte por decorrer, antes de mais, de uma procura apaixonada no máximo que pode ser extraído da conjugação do uso do pincel e da tinta”. ...”A simplicidade da gente do campo, a naturalidade das paisagens e a beleza da figura feminina sobrepõem-se como temas de eleição e, sem se preocupar tanto com uma representação fiel da realidade, Anka estende na superfície da tela uma linguagem visual que promove”.

Anka Van Dorp segue “uma obra plena de sensualidade e poesia”.

Uma exposição a não perder.

 

Texto e fotos:

Filipe Lopo

filipelopo@sapo.pt

 



publicado por Filipe Lopo às 21:26
link do post | favorito
 O que é? |

Castanheira de Pera - “STAMINET” RECEBE PRÉMIO NACIONAL

“STAMINET” RECEBE PRÉMIO NACIONAL

Segundo José Manuel, da Asssociação Pinhais do Zêzere, houve grande “ENTUSIASMO NA ENTREGA DOS PRÉMIOS DO II CONCURSO GASTRONÓMICO DA PINHAIS DO ZÊZERE”

Segundo este responsável foi “no dia 13 de Fevereiro, a Pinhais do Zêzere – Associação para o Desenvolvimento, nas instalações da Escola Tecnológica e Profissional da Zona do Pinhal, realizou a cerimónia da entrega dos Prémios do II Concurso Gastronómico Pinhais do Zêzere.

O Jantar de Entrega dos Prémios, contou com a presença da Direcção da Associação e três dos elementos do júri, em representação da Região Turismo do Centro, da Associação Empresarial Penedo de Granada e da Associação Empresarial do Pinhal Interior.

O concurso destinado a promover a gastronomia regional, pretende valorizar, promover e divulgar a cozinha da restauração nos concelhos de Castanheira de Pera, de Figueiró dos Vinhos, de Pampilhosa da Serra e de Pedrógão Grande, por forma a constituir-se como um elemento de atracção turística.

Participaram neste Concurso Gastronómico, que decorreu entre o dia 1 de Outubro e o dia 30 de Novembro de 2007

Sendo que os restaurantes participantes foram:

Castanheira de Pera:  - Churrasqueira Castanheirense; Europa; Fórum; Lagar do Lago; O Gil; Poço Corga e O Staminet .

Figueiró dos Vinhos: - Canoa Parque; O Moinho; Panorama; Retiro do Figueiras; Sagitarius; Toca do Mocho e  A Tricana.

Pampilhosa da Serra: -  Arco-Íris; A Rampa; O Juiz do Fajão; O Pinheiro; Os Amigos e O Toka

Pedrógão Grande: - Doce Branco; Lago Verde; O Penedo; O Zeca; S. Pedro e Turiscabril       

Os Prémios foram atribuídos segundo a classificação seguinte:

Castanheira de Pera

- Poço Corga: - 2.º Prémio - Melhor Refeição Completa Cozinha Regional                       

- O Staminet: - 1.º Prémio - Melhor Refeição Completa Cozinha Nacional

Figueiró dos Vinhos

- Canoa Parque: - Menção Honrosa para Melhor Sobremesa

- Panorama: - Menção Honrosa para Melhor Prato de Peixe                    

- Toca do Mocho: - 1.º Prémio - Melhor Refeição Completa Cozinha Regional

- Tricana: - 3.º Prémio - Melhor Refeição Completa Cozinha Nacional

Pampilhosa da Serra

- O Juiz do Fajão: -   Menção Honrosa para Melhor Entrada ou Sopa

- Os Amigos: - 3.º Prémio - Melhor Refeição Completa Cozinha Regional           

Pedrógão Grande

- O Penedo: - 2.º Prémio - Melhor Refeição Completa Cozinha Nacional             

- S. Pedro: - Menção Honrosa para Melhor Prato de Carne

Destacamos neste conjunto de Restaurantes premiados, o acto de ao Snack Bar “O Staminet” ter sido atribuído o 1º Prémio a nível Nacional de “Melhor Refeição Completa Cozinha Nacional

Os proprietários do “Staminet”, Carlos Raposo, de 48 anos e Ana Moreira, de 41; situado na Rua Silva Bernardes, em Castanheira de Pera, ficaram surpreendidos com o mérito recebido, mas dizem-nos que foi “uma agradável surpresa” escutarem o seu nome e, mais ainda “sendo um prémio nacional”. A ementa servida na altura, por este jovem casal (pelo que descortinámos há projectos na ‘forja’), era constituída por: “Sopa á Juliana, Gambas ao Alho, Bife à Staminet, Lombinhos de Porco com Molho de Limão, Salmão com Molho de Marisco e Filete de Linguado com Cogumelos. A sobremesa era constituída pelo conhecido doce Tiramisú.

José Manuel da Pinhais do Zêzere, dizia-nos ainda que “em forma de balanço poderemos considerar o resultado deste concurso como bastante positivo. O desejo é que o efeito de mobilização entre os participantes contribua para a valorização da gastronomia local e gere mais-valias no desenvolvimento económico do território”.

 

Texto e fotos:

Filipe Lopo

filipelopo@sapo.pt

 



publicado por Filipe Lopo às 21:19
link do post | favorito
 O que é? |

Plantação de Árvores em Castanheira de Pera

Plantação de Árvores em Castanheira de Pera

 

Numa iniciativa conjunta entre o Município de Castanheira de Pera, Prazilândia E.M. e Lousitânea (Liga dos Amigos da Serra da Lousã), vai decorrer entre os dias 8 a 12 de Março, a plantação de cerca de duas centenas de Árvores, na sua maioria Carvalhos e Sobreiros; estando abertas as inscrições para os Voluntários que desejem juntar-se a esta iniciativa.

Segundo José Pais, eng. Florestal e membro da Lousitânea;

espera-se que a esta iniciativa adiram muitos dos jovens que aos fins de semana regressam a Castanheira de Pera, da mesma forma a que aderiram os alunos das escolas do Concelho.

A zona de plantação de árvores para este fim de semana está preparada  para ser  realizada no Valseá, alargando-se depois para uma área mais vasta na Serra.

Quem desejar obter mais informações, pode contactar a Prazilândia E.M pelo numero de numero de telefone 236438931.

 

Filipe Lopo

filipelopo@sapo.pt



publicado por Filipe Lopo às 21:14
link do post | favorito
 O que é? |

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Novo endereço - http://ca...

AS SUAS NOTICIAS - O NOSS...

25 de ABRIL de 1974 - 36º...

OS PERIGOS DA INTERNET

VIOLÊNCIA EM DEBATE

CASTANHEIRA DE PERA RECEB...

CARTA DE UMA MÃE PARA OUT...

CORO DE SANTO AMARO DE OE...

TOMADA DE POSSE DOS ELEIT...

DISCURSO DO PRESIDENTE DA...

TOMADA DE POSSE DOS ELEME...

HOJE ESTOU DANADO

ACTO ELEITORAL NA FREGUES...

FUTEBOL DE RUA – ÉPOCA 20...

APANHA DE SEMENTES – PROJ...

GNR de Pombal apreendeu m...

CANYONING - Ribeira de Qu...

“DEUS ABENÇÕE OS PAIS MAU...

RESULTADOS DAS ELEIÇÕES A...

DISTRIBUIÇÃO DE MANDATOS ...

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 200...

EXPOSIÇÂO NA CASA DO TEMP...

Há Festa em Castanheira d...

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS EM C...

PARTIDO SOCIAL DEMOCRATA ...

PARTIDO SOCIALISTA - CAND...

"PAISAGENS" EXPOSIÇÃO FOT...

EXPOSIÇÃO DE MOTORIZADAS ...

Iº Torneio de Vólei Praia...

DUAS LUAS A 27 DE AGOSTO ...

DIA MUNDIAL DA FOTOGRAFIA

DIA INTERNACIONAL DA JUVE...

Dia 15 de Agosto a RTP ch...

PSD candidata presidente ...

CASTANHEIRA DE PERA - PS ...

04 de Julho de 2009 - Dis...

04 de Julho de 2009 - Dis...

Festa do Livro volta à Pr...

COMEÇOU A CAMPANHA ELEITO...

JS não integra lista do P...

ULTIMA HORA - MINISTÉRIO ...

PEDIDO DE DESCULPA

CANDIDATO À AUTARQUIA CAS...

95º ANIVERSÁRIO DE CASTAN...

APRESENTAÇÃO DE 70 NOVAS ...

PASSEIO PEDESTRE, ESCONHA...

Stº ANTÓNIO DA NEVE - C...

Memórias do Antigamente l...

XII FESTIVAL DE FOLCLORE ...

TRIANGULACOES de JOSÉ POR...

arquivos

Janeiro 2011

Abril 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Março 2006

tags

todas as tags

links
Paralaxe

VISITAS

Estadisticas web
blogs SAPO
Pesquisa
 Busca e Pesquisa Evangélica